quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Esse amor que não me quer...

Tema recorrente, não é, minhas queridas?

Quem nunca teve (ou tem) um amor não-correspondido?

Vamos conversar sobre isso?
Você me permite?

Então vamos lá!



Para baixar o áudio, é só clicar aqui.

||| Lembrando o nosso ENCONTRO!

> Vamos estar eu e a Del. em Indaiatuba-SP no dia 06 de Setembro (véspera do feriado) para a:

II Semana de Luta pelos Direitos Humanos e Respeito à Diversidade Sexual.

Abaixo, o poster e flyer do Evento.
Nos vemos lá, hein!!
Já vão se programando, tá?
Quero conhecer vocês e conversar pessoalmente! :]



|| O cd do Rubi você pode baixar aqui.

Nos vemos em Indaiatuba-SP no dia 06/09, hein?
Beijos! :]

9 comentários:

Del disse...

Perfeito meu amor.

Incisivo, realista, exatamente o que muita gente tá precisando ouvir, MUITA!

Chrys disse...

Queria TANTO ir mas não vou poder... =/
Continuo te admirando do mesmo jeito! Vou ouvir o aúdio =)
Que Deus te abençoe Helena!

P.S.: E eu ainda vou te conhecer, demore o tempo que for =D

Anônimo disse...

Oba!! Ja iria de qualquer jeito pra Indaiatuba, agora tenho uma motivação a mais!! Muito bom ano passado #EuFuiIndaiatuba2010!!!

Bjao!
Ateh dia 06 ;)

Thais Neves disse...

Mensagem que cai como uma luva sobre a minha questão e realmente é o que tenho refletido nos últimos tempos e buscado dentro de mim, me cuidar, me amar antes de qualquer sentimento que eu venha a ter...

Um grande beijo e a responsabilidade é realmente de cada um de nós.

Dre.M disse...

Oii Helena!!!
Não pude não comentar. Porque ficou simplismente perfeito! Agora é tentar sair da teoria para prática! Muitoooo obrigada! Que Deus te ilumine sempre!
Com carinho,
Dre

Anônimo disse...

Como é bom ouvir a sua voz Helena, suas mensagens sempre iluminando e edificando as nossas vidas. bj

Anônimo disse...

Olá,gostaria de te dizer que gosto mto do que escreve,e da tua inteligencia.Eu sou casada com uma mulher há alguns anos ,acredito ser amada,mas por vezes não me sinto tanto...Tenho 36 anos e ela 30,Já tive outro relacionamento anterior...Somos felizes,mas não sei se o problema sou eu ou ela,"problemas sempre hão de existir ",nada é perfeito...Ela me acha meia compulsiva por sexo,mas eu acho tudo mto normal.Nós temos uma vida sexual ativa,tipo 2 ou 3 vezes por semana fazemos amor,mas para mim sempre é pouco...me sinto mto carente e não sei se é um refúgio.Isso tem ocasionado em discussões entre nós,pois ela me acha uma compulsiva e eu acho que ela não me ama,que não me deseja.Não sei se tenho uma visão distorcida de amor,ou se ela realmente não tem muito interesse,ou se perde o interesse devido ás cobranças...Gostaria de que pudesse me dizer algo a respeito ,pois acredito você ser uma pessoa provida de instrução e experiencias.Gostaria de poder te contar em maiores detalhes,se tiver um e-mail para eu contatar seria melhor,devido a privacidade dos meus assuntos.
Grata,até mais.

Poetisa (Helena) disse...

Oi!
Só passando para me desculpar pela escassez de postagens em Agosto no meu blog, o Escrevo para Viver.
É que a faculdade e o trabalho têm tomado todo o meu tempo e ficou complicado postar.
Mas agora estou de volta e vou me esforçar para manter atualizado.
Te convido a dar uma passadinha por lá e ler a primeira postagem deste mês (Na cadeira do juiz): http://escrevoparaviver.blogspot.com/2011/09/na-cadeira-do-juiz.html
Caso puder, deixe seu comentário ^^
Abraços virtuais,
Helena.

K. disse...

Helena, amiga

estou lendo um livro que lembrei de ti, do bloguito e das meninas aqui!

Chama-se "Heróis e Exílios - Icones gays através dos tempos" - de Tom Ambrose

menina, é uma lição - de história, principalmente!

não sei se vc lá leu, mas, caso não tenha lido dê uma olhadinha. Dá para "entender" muita coisa da nossa sociedade maluca hj e a homofobia.

beijo grande!