quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Podcast: Um Convite à Oração

Chegou o nosso encontro de quinta-feira! :]

 Hoje falaremos sobre tempos difíceis e momentos de dor.

 Vamos conversar?

   

Para baixar, clica AQUI.

Se você não ouviu nosso primeiro encontro, clica aí embaixo, tá? ;)

7 comentários:

Aninha Arwen disse...

oi helena!!!! gosto muito de tudo que você escreve e diz,muito bom,que bom que o projeto voltou! bjão!!!!

Edson Marques disse...

Helena,


Que bom que você gostou (da frase inicial) do meu poema Mude.
Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.

Que, aliás, não é de Clarice Lispector.

Se puder, veja o poema todo, assim como o vídeo e o livro Mude, publicado pela Pandabooks e à venda nas maiores livrarias.

Detalhes em http://Mude.blogspot.com

Para o poeta, o importante é encantar o coração do leitor. Mesmo que este suponha ter sido encantado por Clarice Lispector.

Flores e estrelas...


Espero que você retire o nome da Clarice L...

Helena disse...

Edson,

Demorei a entender o que você quis dizer.

Primeiro, porque a citação dessa frase atribuída à Clarice não está neste último post, mas em um bem mais antigo.

Segundo, porque realmente não o conhecia - nem de citação, nem de ouvir falar.

Mas como a internet é realmente um mar sem fim de atribuições indevidas de falas e autores, fui pesquisar a sua história.

http://www.sobresites.com/blog/artigos/quemescreveu.htm

http://comunicacaoenegocios.wordpress.com/2011/12/30/mudanca-na-visao-de-clarice-lispector/

Seu próprio blog e seus comentários em vários outros, como:

http://www.odiario.com/blogs/fernandarossi/2011/06/28/por-que-mudar-e-tao-dificil/

Que luta, hein!
Brigar com um 'fantasma' já é difícil...brigar com o fantasma da Clarice então...

Bom, a minha tarefa aqui é simples.
Uma vez que já comprovei mesmo a sua autoria, claro, mudarei lá no post antigo a citação para o seu nome. Não vejo problema nenhum nisso - pelo contrário - fico feliz já que é o correto e já que isso lhe trará algum senso de justiça...

Mas olha... o que me preocupou é que achei mensagens suas tão antigas quanto 2001, 2004.... são anos demais nisso! Que cansativo!

Senti-me comovida com essa sua cruzada sem fim (já que a internet multiplica infinitamente, incessantemente).

Enfim... fiquei aqui só desejando que você pudesse se libertar disso. Não sei se há como, nem sei se no seu lugar eu talvez fizesse o mesmo (como o beija-flor na floresta), mas fica aqui o meu desejo de que você um dia consiga.

Um abraço consternado.
E flores e estrelas - muitas flores e estrelas.

Helena.

Kah R. disse...

Maravilhoso como sempre...
Enquanto ouvia a palavra do Artur, me lembrei de um termo que aprendi justamente neste momento de dor que passamos de vez em quando: "A noite escura da alma"
E a Helena me lembrou que a dor realmente é um sinalizador. Particularmente, toda vez que "fui a lona" como diz Zé Ramalho, percebi que estava muito longe de mim. A vida é muito sábia e sabe muito bem nos colocar de volta no "nosso próprio colo".
Clarissa Pinkola, no livro Mulheres que correm com os lobos diz algo que adoro. Ela diz que quando estamos no fundo do poço, é o momento que mais vamos ser alimentados pra saírmos dele. Porque no fundo do posso é onde está o humus, o adubo. É aquilo que vai nos fortificar e nos alimentar para saírmos melhores.
Concordo com td que vcs disseram e adorei os exercícios e reflexões.
Cada vez mais paz e luz pra vcs dois!
Abraços apertados e fraternos!!!!

Anônimo disse...

estou por aqui, que lindo vcs falarem em religiosidade, e não em religião, o nosso corpo é templo do espírito santo, é biblíco, vamos nos religar, religião, ao ser maior, ao meu ver é DEUS, a outros o universo, a outros a natureza, enfim, vamos nos fazer melhores, enquanto seres humanos e esperar as dádivas do céu, sendo o melhor que pudermos (seres humanos)
PS o universo,DEUS, ou o que vcs acreditem, traz aquilo que vc pede, potanto cuidado... beijos

Lane disse...

Helena fico impressionada... me reconheço em cada frase... to adorando os audios. Muito obrigada bj

Edson Marques disse...

Obrigado, Helena, pelo apoio e pela compreensão.

Felizmente, já me libertei desse "fantasma" há algum tempo. Especialmente do fantasma da Clarice... rs! Tenho duas assistentes maravilhosas que me ajudam nessa árdua tarefa de esclarecer autorias na internet.

Sem elas, eu não conseguiria muita coisa.

Flores e estrelas pra você!