terça-feira, 27 de março de 2012

#7 Podcast, NOVO TEXTO + Notícias!

Pessoalzinho querido, primeiro vai o pedido de desculpas! :/
Por conta do II Leskontro Cultural de São Paulo (fotos no link!) semana passada foi uma correria só!
E embora eu e o Artur tenhamos já nos preparado e gravado o arquivo do Podcast na terça-feira, eu não consegui fazer a edição do áudio a tempo! :/

Mas aqui está! :]

No 7º Um Convite à Oração vamos falar sobre o seu caminhar, o seu hoje e as escolhas e reflexões que nele cabem.

Vamos conversar?
É só clicar no player abaixo:



Para fazer o download, basta clicar AQUI .
Se preferir, também pode ir aqui.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Quem é de Fortaleza-CE aí levanta a mão!!
Ou quem pode aparecer por lá no dia 05 de Abril?

Vou estar lá para o Mini-Leskontro Cultural de Fortaleza, juntamente com as meninas do Tambores de Safo.
Vai ter comidinha vegetariana da Barraca Jambo, brechó, sorteio de brindes e muita conversa gostosa!!
Segue o cartaz abaixo! Te espero lá, hein?

Para visitar a página do evento no Facebook vá AQUI.























Outra novidade ma-ra-vi-lho-sa são as camisas do Parada Lésbica!
Além de estampas incríveis para mulheres que amam mulheres, lançamos agora uma nova linha com camisas com frases minhas! ;]
Isso mesmo! Uma linda linha de camisetas e babylook assinadas por mim!
Olha que lindas (clica na imagem para ampliar):

















Se interessou por alguma?
Vai na Lojinha do Parada Lésbica para saber mais, tá?
Uma dica: compra um tamanho acima do que você usa, tá? ;]


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
----> O texto finalmente!!!

Tenho recebido algumas mensagens que me deixaram preocupada.
Algumas queridas que têm se sentido cansadas, sem esperanças, sem sentido de continuar a viver.
Este texto (assim como o áudio do Um Convite à Oração) é para vocês! ;]



Quando nada mais vale à pena

Existem esses tempos, sabe?
Quando o colorido perde suas cores, quando os sorrisos parecem longínquos, quando a esperança se veste de um cinza desbotado e frágil.

Parece que as forças que você um dia teve já não fazem parte de você.
Parece que o seu caminho criou tantas curvas que você só rodopia, perdida e tonta com tanta confusão.

Parece que crer não é mais possível, que nada do bom ou do belo ainda existem num mundo tão feio e caótico.

São horas de um buraco negro profundo, onde a vida parece tão dispensável que você pensa sim em soluções mais mórbidas e definitivas.

A necessidade de um recomeço é tão grande que você acha que a solução é criar um fim.

E a verdade é que é natural passar por isso.
(muita atenção no verbo escolhido!)

A metáfora que eu gosto é a de você caminhando.
Há um longo percurso, sabe?
Você não começou sozinha. Outros te trouxeram até aqui.
Te guiaram pelo caminho.
Mas aí, olha que desgraça, você aprendeu a andar.

 Aí, não teve jeito: você teve que continuar sozinha, agüentando a terrível responsabilidade de escolher as viradas e paradas do teu caminhar.

Acontece que a pegadinha é que apesar do caminho ser nosso, outras pessoas ficam gritando nas beiradas do caminho:

“Vira ali!”
“Segue por aquela estrada!”
“Se você me ama e me respeita vai por ali!”
“Se seguir aquela outra você vai se arrepender terrivelmente!”

Coisas nos são gritadas em sons tão estridentes e brutais que nos sentimos assustadas a ponto de ouvi-las ou de não confrontá-las.

E aquele teu caminhar, que deveria ser um movimento contínuo teu, de formação e de essência, de repente se transforma numa pausa.

Entenda: qualquer caminho que não seja o TEU caminho, é uma parada.
E uma parada cansa, extenua, desgasta, não nos deixa ver a paisagem em movimento, não nos permite enxergar o que enxergaríamos se estivéssemos caminhando.

É como Clarice Lispector diz:

“Estou sendo e ao mesmo tempo me fazendo.”

E se você está sendo pela voz dos outros, você também está se fazendo em algo que os outros querem.


Ouvir os sons das vozes que gritam significa apenas uma coisa: NÃO OUVIR A TUA VOZ.

A questão do cansaço é que ele não é gratuito: muito aconteceu para que ele chegasse.
E uma vez que esse tipo de cansaço chega, isso significa que você já vem escutando e seguindo outras vozes há muito tempo!

Há tanto tempo que você nem lembra direito aonde parou e para onde ia...
Há tanto tempo que você já não sabe mais qual voz escutar.
Há tanto tempo que tudo se vestiu de uma mesmice aterrorizadora e todos os lados que você olha parecem guardar a mesma mensagem: a de que não há mais caminhos a seguir.

E o que eu quero te pedir agora é algo muito grande e sério: GRITE VOCÊ!
Expulse dos teus pulmões todas as vozes do caminho!
Esvazie-se das noções dos outros!
Liberte-se da descrença e da decepção (que são sentimentos em relação aos outros também)!

Em uma primeira instância visceral, teu mundo é composto SÓ POR TI.
Entende?
VOCÊ DEVE SER O CENTRO DO SEU MUNDO.

Só assim é possível se reorientar.
Encher-se dos sonhos que um dia te habitaram.
Ver, pelos teus olhos, os detalhes do caminho, os pés que andam, o tempo que passa...

Os sorrisos, os teus sorrisos, não se perderam pelo caminho: você apenas não os pegou.
E não os pegou porque não estava olhando o teu caminho com os teus olhos.
Sorriso é coisa pessoal: só você sabe o formato e a razão do teu.

Então entenda: não é que nada valha mais à pena.
É QUE NÃO VALE MAIS À PENA CONTINUAR CAMINHANDO COMO VOCÊ VEM FAZENDO.
Essa forma de caminhar já se mostrou inútil e cansativa e extenuante.

Sei que você acha que você nasceu uma vez e pronto.
Mas a verdade é que o útero principal é a própria vida: o túnel escuro (onde você está no momento) e que está te empurrando para a decisão de nascer através do choro.

É preciso um retorno: um retorno a você mesma.
Àquilo que você é e àquilo que te faz.
À construção básica de ti: aquilo que te edifica e que te faz perceber que teu caminho continua ali (sempre esteve), esperando que você caminhe por ele.

E isso é tudo o que você precisa fazer: continuar caminhando.
Tampe os ouvidos. Tudo o que você precisa escutar é o que te bate no peito.
Teus pés reaprenderão a caminhar quando o teu coração finalmente puder falar livremente.


É que o que vale à pena é tão, tão simples: é precisamente você.
Você e o caminho que é verdadeiramente teu.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
ps: em decorrência do atraso do "Um Convite à Oração" da semana passada, só postaremos um novo programa na próxima quinta-feira (05/04), está bem? Eu estarei em Fortaleza nesta data, mas deixaremos gravado e o Artur e a Del publicarão aqui. ;]


Bjão, pessoalzinho querido!



quinta-feira, 15 de março de 2012

#6 - Podcast - Mágoas, frustrações, ressentimentos.

Hoje eu e o Artur estamos de volta com nosso encontro semanal do "Um Convite à Oração" com o tema Mágoas, frustrações e ressentimentos.

Sabe aquela dor tão grande que ainda está dentro de você?


Sabe aquelas palavras que lhe falaram e lhe feriram tanto!


Sabe aquela mágoa que te persegue, que invade os teus pensamentos e que não te deixa ter paz?

Pois então, vamos conversar sobre isso?
É só clicar no player abaixo:




Para fazer o download, clique AQUI.

~~~
Para aqueles que estão com saudades dos textos do Sapatilhando (espero que muitas! rs), me desculpem... estamos fazendo reforma em casa e está tudo uma loucura!

Aliás, o áudio do "Um Convite à Oração" também ficou um pouco comprometido pelo mesmo motivo... mas tenham paciência, tá? Já já tudo volta ao normal! ;]

O texto já está no forninho, assim que der prometo que publico aqui.

Bjão! :*

sexta-feira, 9 de março de 2012

#5 - Podcast "Um Convite à Oração" - Teus Sonhos

Olá, pessoalzinho querido!

Me desculpem o atraso na postagem do nosso 5º Encontro.
Eu e o Artur gravamos o programa na terça-feira, mas eu não consegui terminar de editar até hoje! :/

Mas, antes tarde do que nunca, não é? ;)

Hoje vamos falar sobre sonhos: sobre os teus sonhos e a importância de sonhar.
Um tema gostoso, não é mesmo?

Vamos conversar?
É só clicar no player abaixo:



Para baixar, clica AQUI.

Depois de escutar o programa, não esqueça de escutar mais uma vez a música:



Ou vai aqui.

E aqui vai mais um recadinho:














Lembrando que pedimos sempre para que nos escrevam com sugestões, comentários, opiniões... O encontro é NOSSO. Só tem graça assim.
conviteaoracao@gmail.com

Um bjão!

quinta-feira, 1 de março de 2012

#4 - PodCast "Um convite à oração" - A tua responsabilidade sobre a tua vida

Olá, pessoal! Mais uma vez estamos aqui com o nosso 4º encontro do "Um convite à oração" :]

Hoje o tema de nossa conversa é: Responsabilidade e consequências.

Vamos falar de várias coisas importantes, como o teu caminhar, a tua relação com os outros, as intolerâncias religiosas que existem por aí, como se proteger disso tudo e, o mais importante, qual a tua responsabilidade no meio de todos os elementos que fazem parte do teu viver.

Vamos começar o nosso encontro?
É só clicar no player abaixo:



Para fazer o download, vá AQUI.

O áudio ficou com algumas interferências, então tenta abstrair, tá? ;]
Vamos tentar encontrar o que saiu de errado e corrigir no próximo encontro.


Alguns links importantes e que têm tudo a ver com a sua responsabilidade:

Áudio "Esse amor que não me quer"
* Texto da psicóloga Lilian Mendes "Amando demais"
* Texto "De dentro do armário"
* Áudio "Devo me assumir? Quando?"
* VídeoLog "Homossexualidade e auto-estima"

Lembrando o email do nosso encontro:
conviteaoracao@gmail.com
Escreve para a gente, tá? :]

Um bjão e até logo mais!
|| Textinho novo já já por aqui! ||